UMA NOITE COM UM DESCONHECIDO
ebook

UMA NOITE COM UM DESCONHECIDO

Editorial:
HARLEQUIN IBÉRICA PORTUGAL
Materia
Novela
ISBN:
978-84-687-6899-1
Páginas:
160
Formato:
Epublication content package
Derechos eBook:
Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.
DRM
Si
Colección:
SABRINA | SABRINA

O atraente magnata grego tinha fama de conseguir sempre o que queria.

Alexios Christofides não tinha problemas em misturar a vingança com o prazer. Estava decidido a arrebatar o império Holt ao seu inimigo? mesmo que para isso tivesse de seduzir a sua namorada!

Rachel Holt passara anos a interpretar o papel de filha abnegada, anfitriã, namorada perfeita? e não tinha cometido falhas. Até que uma única e eletrizante noite com um estranho permitiu-lhe saborear uma liberdade desconhecida?

Mas aquela noite acabou por ter importantes consequências para ambos? sobretudo quando Rachel descobriu a verdadeira identidade de Alex!

Otros libros del autor

  • PROMESA DE DESEO
    ebook
    Titulo del libro
    PROMESA DE DESEO
    MAISEY YATES
    Utilizaría el deseo que no habían saciado durante cinco largos años para que ella volviese a su ladoEl cuento de had...

    Q. 24

  • PROMESA DE SEDUCCIÓN
    ebook
    Titulo del libro
    PROMESA DE SEDUCCIÓN
    MAISEY YATES
    Un regalo de Navidad para el hombre que lo tenía todo.El príncipe Andres de Petras podía borrar sus pasados, aunque ...

    Q. 25

  • FANTASÍA PROHIBIDA
    ebook
    Titulo del libro
    FANTASÍA PROHIBIDA
    MAISEY YATES
    Poseo tu empresa. Te poseo a ti.Cada vez que Elle St. James miraba a aquel hombre que había considerado de su famili...

    Q. 25

  • CASAMENTO EM JOGO
    ebook
    Titulo del libro
    CASAMENTO EM JOGO
    MAISEY YATES
    Ele tinha de falar já? ou calar-se para sempre?Eduardo Vega tivera, noutro tempo, o mundo nas suas mãos, e uma espos...

    Q. 21

  • EL PRÍNCIPE REBELDE
    ebook
    Titulo del libro
    EL PRÍNCIPE REBELDE
    MAISEY YATES
    Tras quince años de exilio voluntario, el rebelde príncipe Xander Drakos se vio obligado a cruzar de nuevo las puert...

    Q. 25