O FILHO DE OUTRA
ebook

O FILHO DE OUTRA

Editorial:
HARLEQUIN IBÉRICA PORTUGAL
Materia
Novela
ISBN:
978-84-687-7529-6
Páginas:
160
Formato:
Epublication content package
Derechos eBook:
Copiar/pegar: Prohibido.
Imprimible: Prohibido.
DRM
Si
Colección:
SABRINA | SABRINA

Depois de uma aventura de uma noite... um equívoco tinha voltado a juntá-los

Quando descobriu que o seu filho tinha sido trocado à nascença,Annie Talbot teve a sensação de estar a viver um pesadelo... e mais ainda quando soube que o seu lindíssimo ex-patrão, Brant Cadman, tinha o seu filho e ela tinha o dele. Mal soube da notícia, Brant fez-lhe uma proposta difícil de recusar: casar-se com ela. Annie sabia perfeitamente que as duas crianças precisavam deles... da mesma forma que sabia que entre ela e Brant havia uma paixão avassaladora... pela qual já se tinham deixado levar uma vez.

Otros libros del autor

  • CORAçãO TRAIçõEIRO
    ebook
    Titulo del libro
    CORAçãO TRAIçõEIRO
    ELIZABETH POWER
    Cada vez que olhava para ele, recordava a paixão que tinham vivido no passado?Só umas semanas depois de se casar com...

    Q. 21

  • OSCURO JUEGO DE SEDUCCIÓN
    ebook
    Titulo del libro
    OSCURO JUEGO DE SEDUCCIÓN
    ELIZABETH POWER
    En el oscuro juego de venganza y seducción cambiaron las tornas. ¿Quién acabaría utilizando a quién?Conan Ryder irru...

    Q. 34

  • A ESPOSA REBELDE
    ebook
    Titulo del libro
    A ESPOSA REBELDE
    ELIZABETH POWER
    Seria aquele pesadelo capaz de juntar novamente aquela família?Kendal acreditava no amor e na fidelidade. Embora ado...

    Q. 21

  • CULPAS DO PASSADO
    ebook
    Titulo del libro
    CULPAS DO PASSADO
    ELIZABETH POWER
    Se ele se aproximasse demasiado, descobriria a verdade e iria exigir os seus direitos como pai.Tinham passado cinco ...

    Q. 21

  • CULPAS DEL PASADO
    ebook
    Titulo del libro
    CULPAS DEL PASADO
    ELIZABETH POWER
    Si él se acercaba demasiado, descubriría la verdad y querría ejercer sus derechos como padreHabían pasado cinco años...

    Q. 25